Noticias

    CERVI LEVA SAÚDE VISUAL A ENTIDADES FILANTRÓPICAS NO DIA NACIONAL DO CEGO


     

    O Dia Nacional do Cego foi visto de uma maneira especial pela equipe multidisciplinar do CERVI.  Aliás, não só o dia! Para comemorar a passagem da data, os profissionais que integram o Centro de Reabilitação Visual passaram uma semana inteira percorrendo várias instituições sem fins lucrativos, que cuidam de crianças e idosos, para fazer atendimento oftalmológico e diagnosticar pacientes que estivessem precisando de cuidados com a sua saúde ocular.

     

    Entre os dias 12 e 16 deste mês, a equipe visitou sete entidades: Abrigo Luíza de Marilac, em Bebedouro; Projeto Crescer, no Farol; Lar das Meninas, na Gruta; Lar Francisco de Assis, na Serraria; Abrigo São Vicente de Paula, na Cambona; Lar Bom Samaritano, no Tabuleiro do Martins e Lar Batista Marcolina de Magalhães, também no Tabuleiro.

     

    O grupo, formado por oftalmologista, psicóloga, pedagoga, terapeuta ocupacional e técnica em mobilidade, promoveu palestras para os funcionários e internos das instituições e falou sobre a importância do cuidado com os olhos. Dicas de como cuidar melhor da saúde ocular foram repassadas e, logo após esse momento, foi promovido atendimento pra todo mundo.

     

    “Realizamos o exame da acuidade visual para diagnosticar quem tinha necessidade de usar óculos. Aqueles que, comprovadamente precisavam, emitimos a receita médica para que a entidade pudesse tentar viabilizar a aquisição do recurso óptico. Já os pacientes com outros suspeita de outros tipos de patologia, estão sendo encaminhados para o CERVI para testes específicos”, explicou o médico Winícius Feitosa.

     

    Dia foi de alegria

     

    De acordo com a psicóloga Ana Paula Sarmento, todas as visitas foram marcadas por muita alegria. “Tudo foi feito de forma prazerosa e contagiou não só a equipe multidisciplinar, como também, àquelas pessoas que estão internas. Fomos recebidos com muito carinho e sei que fizemos um trabalho importante. Descobrimos muita gente que precisava de cuidados urgentes com os olhos e, desde então, estamos providenciando o tratamento para esses pacientes”, explicou ela.

     

Convênios

Teste de visão on-line

Depoimentos
'Voltar a enxergar foi a maior vitória do mundo. Somente agora pude conhecer meus cinco netos. Já fui até passear em Murici, cidade onde nasci. Não tem palavras que expliquem essa sensação, isso só pode ter sido coisa de Deus e, claro, do IOFAL'
José Justino - 62 Anos